TBL e Post-Method Era

Como sempre os resumos chegam tarde. Quem tiver sorte de ler antes da prova…aqui estão 2 dos quatro. Os outros eu não “sei” quem ficou responsável, mas enfim. Divirtam-se!

Task-Based Language Learning

Task-Based Language Teaching se refere a uma abordagem baseada na utilização de tarefas como o núcleo da unidade de planejamento e instrução no ensino de línguas. Alguns dos seus defensores a apresentam como uma evolução lógica da CLT, pois esse método baseia-se em vários princípios que formaram parte da CLT.Como:

  • Atividades que envolvam comunicação real são essenciais para o aprendizado;
  • Atividades em que a língua seja usada para realizar tarefas significativas no aprendizado;
  • Língua serve como suporte no processo de aprendizagem;

Fez segue os pressupostos fundamentais do TBLT que são:

  • O foco está no processo em vez de produto;
  • Elementos básicos são propositais nas atividades e tarefas que enfatizam comunicação e significado;
  • O aprendiz aprende interagindo comunicativamente e propositalmente enquanto comprometido nas atividades e tarefas;
  • Atividades e tarefas podem ser também:aquelas que aprendizes  devem precisar ativar a vida real,ter um propósito pedagógico especifico para a sala de aula;
  • Atividades e tarefas do currículo são seqüenciadas de acordo com a dificuldade;
  • A dificuldade de uma tarefa depende da ordem dos fatores incluindo a prévia experiência do aprendiz, a complexidade da tarefa, a língua estudada para aceitar a tarefa,e o grau de suporte disponível;

TBL propõe a noção de tarefa como central unidade de planejamento e ensino.

Tasks são atividades que tem significado como foco primário.O sucesso nas tarefas é avaliado em termos de realização de um desfecho, e as tarefas geralmente tem algumas semelhanças na vida real linguagem em uso .Então TBL em uma instrução toma bastante forte opinião de CLT.

Approach

Teoria de linguagem

TBLT é motivado primeiramente pela teoria de aprendizado em vez da teoria de linguagem.Contudo,muitos pressupostos sobre a natureza da linguagem pode ser dita para estar sujeito a  atuais abordagens.Como:

Language é primeiramente um meio de tornar meios

TBLT  enfatiza o papel central do significado no uso da linguagem.Skehan diz “ significado é primeiramente… o acesso da tarefa é em termos de resultado”.

Multiple models of language inform TBL

Defensores da tarefa com base em instrução chamar sobre estrutural, funcional, e ser mais de conveniência do que de ideologia.

Unidades de Léxico são centrais no uso da língua e no aprendizado

O vocabulário é aqui utilizado para incluir a consideração de lexical frases, frase caules, pré rotinas e colocações, e não somente palavras como significativo de unidades lexicais análise lingüística e língua pedagogia.

Conversation” é o foco central da linguagem e a chave da aquisição da linguagem

Falar e tentar se comunicar com outras pessoas através da linguagem falada, baseando-se nos alunos lingüística e comunicativa dos recursos disponíveis é considerada a base para a segunda língua na aquisição TBL; daí, a maioria das tarefas que são propostas no TBLT envolvem conversa.

Tarefas proporcionam tanto a entrada e saída necessária para aquisição de linguagem

Tarefas são consideradas para promover processos de negociação, modificação, reexpressando e a experimentação que são o coração da segunda língua aprendida.Isto faz parte do enfoque mais geral sobre a importância crítica de conversação em língua aquisição.TBLT propõe que a tarefa é o pivô aponte para a estimulação de input-output prática, a negociação de significado, e transitória centrada conversa.

Tarefa atividade e realização são motivacionais


Tarefas são também disse que para melhorar a motivação e formando, assim, promover aprendizado.Isto é porque eles exigem o uso de autentico idioma, eles têm dimensões bem definidas e encerramento, são variados, em formato e funcionamento, eles tipicamente incluem a atividade física, que impliquem Parceria e colaboração, que pode intimar os alunos a experiência adquirida no passado, e que toleram e incentivar a comunicação de uma variedade de estilos.

Aprender com dificuldade pode ser negociado  especialmente  para fins pedagógicos


Se a tarefa é muito difícil, pode desenvolver fluência no expensy de precisão.Skehan sugere que tarefas podem ser concebidas ao longo de uma Cline de dificuldade de modo que os alunos podem trabalhar em tarefas que lhes permitam desenvolver tanto fluência e uma consciência da linguagem formulário.

Tipos de aprendizagem e atividades atividades docentes

Prabhu uma tarefa é “uma atividade que exige alunos para chegar a resultados a partir de determinada informação através de algum processo de pensamento, e que permite que os professores a controlar e regular este processo”,exemplo:dar direções,fazer uma ligação,escrever uma carta,quebra-cabeça e ler a hora que sai os trens e decidir que trem pegar também seria uma tarefa apropriada.

Design

Objetivos

Seleção de tarefas é feita de acordo com uma minuciosa análise das necessidades do mundo real.Existem 24 objetivos  que se tornaram estruturas com as várias atividades que foram propostas.os componentes dessas atividades são definidos no currículo sobre situação,estimulo,produto,tarefas e processo cognitivo.

Programa de Estudo

Programa de estudo convencional

Estrutura da língua

Funções

Tópicos e temas

4 habilidades(reading,writing,listening,speaking)

Competências

Tipos de textos

Programa de estudo sugerido por Nunan:

  • Tarefas do mundo real ,que são  projetada para praticar ou ensaiar aquelas tarefas que são encontradas em análises precisas e se tornam importantes e usuais no mundo real.
  • Tarefas pedagógicas que tem uma base psicolingüística na teoria  SLA e investigar mas não necessariamente reflete nas tarefas do mundo real.

Papel do aluno

  • Tarefas em grupo ou em pares,os alunos terão de se adaptar com esse método de trabalho;
  • Alunos não devem prestar atenção não só na mensagem, mas na forma que as mensagens vem embaladas;
  • Reexpressar na prática, parafraseando, utilizando paralingüístico sinal serão necessários para criar e desvendar mensagens;

Papel do professor

  • Selecionador de tarefas;
    • Selecionar tarefas que sejam preparatórias para tarefas principais,exemplo:introdução de um tópico,ajudar alunos a aprenderem,clarificar as instruções e relembrar palavras chaves ou frases;
    • Defensores do TBL salientam que o professor deve focar na forma não significa fazer aula de gramática para os alunos antes de fazer uma tarefa.Isto significa empregar uma variedade de  técnicas, incluindo o foco na atenção pré-tarefa atividades, texto pesquisa, orientada para exposição paralela tarefas, e da utilização de destacada material

Papel do material instrucional

  • Jornal;
  • Televisão;
  • Internet;
  • Escutar uma tarefa gravada para comparar as maneiras em que eles fizeram por eles mesmos;
  • Textos;

Resumo de Metodologia

Através deste livro podemos conhecer as abordagens e métodos no ensino de Língua Inglesa. Temos visto que uma abordagem consiste em um conjunto de crenças e princípios que podem ser utilizados como base do ensino de uma língua. As seguintes abordagens foram descritas neste livro:

–          Communicative Language Teaching

–          Competency-Based language Teaching

–          Content-Based Instruction

–          Cooperative Learning

–          Lexical Approaches

–          Multiple Intelligences

–          The Natural Approach

–          Neurolinguistic Programming

–          Task-Based Language Teaching

–          Whole Language

Cada uma dessas abordagens possui um conjunto de teorias sobre a natureza e ensino da língua. São caracterizadas pela variedade de interpretações de como os princípios e teoria podem ser aplicados. Elas podem ser revisadas e atualizadas com o surgir de novas praticas.

Um método, por sua vez, se refere a um design especifico de ensino ou sistema baseado numa teoria particular de língua e aprendizado de língua. Estes contem assuntos específicos detalhados, papel do aluno, professor e técnicas para o proceder do professor. Os seguintes foram abordados neste livro:

–          Audiolingualism

–          Counseling-Learning

–          Situational Language Teaching

–          The Silent Way

–          Suggestopedia

–          Total Phisical Response

Comparado a abordagens, o método tende a ter um pequeno prazo de “validade” curto, estão normalmente ligados a materiais já preparados. Devido a isso, está propenso a cair quando as práticas se tornam desacreditadas  ou não mais populares. No entanto, nas abordagens, não existe forma certa ou errada de ensinar, a mesma permite que o professor esteja livre para inovar e modificar o que achar necessário. Ao contrario dos métodos, onde o professor tem um script a seguir, o que facilitaria a vida de um professor iniciante, por exemplo.

O importante é ser prático. Uma  metodologia que rapidamente se torna em materiais e livros didáticos e que requer um treinamento especial serão geralmente mais adotados do que um outro que não tenha essas características. Devido a isso algumas abordagens e métodos não são adotados pois são difíceis de entender e usar.

A partir do fim do século 20 a tendência do ensino de língua não mais considerava os métodos como fator chave. Alguns se referem à morte de métodos e abordagens e devido a isso faz se o uso do termo “post-methods era”.

Como já mencionado, as abordagens são flexíveis, e o método por sua vez, proporciona ao professor a aula “prescrita”, eles somente precisam aceitar e utilizar o mesmo. Tal metodologia marginaliza o papel do professor e os alunos são vistos como recebedores de informação passivos. É importante ressaltar que cada aluno possui diferentes estilos de aprendizagem, e que deveriam ser levados em consideração.

Tanto as abordagens como os métodos estimulam o “all-purpose solutions” para o ensino que podem ser aplicadas em qualquer parte do mundo em qualquer circunstância. Totalmente relevante é o contexto onde o ensino-aprendizagem ocorre, incluindo o cultural, político e o próprio contexto estabelecido pelo aluno e professor na sala de aula.

Até que ponto as abordagens e métodos serão úteis? Eles serão provavelmente utilizados por professores e futuros professores a se familiarizarem com a maioria das abordagens e métodos propostos para o ensino de uma estrangeira ou segunda língua. Aprender sobre eles nos possibilita coletar experiências e praticas das quais muito podemos aprender.

Contudo, professores e professores em treinamento precisam ser aptos para utilizar métodos e abordagens flexíveis e serem criativos baseados em seus próprios julgamentos e experiências. Eles devem ser encorajados a transformar e adaptar os métodos existentes para formar os seus.  Não somente criar um método ou abordagem própria, mas também incentivar as crenças individuais, valores princípios e experiências de cada professor.

Um professor autêntico deve desenvolver diferentes princípios em diferentes ocasiões dependendo do tipo de classe que ele ou ela está ensinando. Todas as atividades desenvolvidas na sala de aula refletem os princípios do professor. Isso explica porque os professores conduzem suas aulas de maneiras diferentes.

Diante dessa reflexão, compreendemos que aprender vários métodos e abordagens é apenas o caminho para o inicio do ato de ensinar, usado para explorar e desenvolver as próprias crenças, princípios e práticas do professor.

~ por laiazevedo em junho 24, 2009.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: